Jovens do semiárido piauiense participam, na Bahia, de intercâmbio com a finalidade de trocar experiências e boas práticas. Os jovens visitaram, na sexta-feira (14), a Central de Comercialização das Cooperativas da Caatinga, no Centro de Juazeiro (BA). A Central da Caatinga é um coletivo de cooperativas que desenvolvem atividades de produção e comercialização a partir de práticas sustentáveis socialmente justas.

Segundo Sarah Luiza, consultora em Gênero, Raça e Etnia do Projeto Viva o Semiárido, da Secretaria da Agricultura Familiar do Piauí (SAF), e coordenadora do intercâmbio, essa foi uma oportunidade que os jovens tiveram de conhecer a cooperativa, considerada uma referência em produção e comercialização de produtos agroecológicos.

“A intenção de trazer os jovens para esta experiência foi apresentar exemplos de espaços de comercialização e também vislumbrar a possibilidade de venda da sua produção, considerando que todos esses jovens fazem parte de projetos produtivos apoiados pelo Viva o Semiárido em suas comunidades”, destacou Sarah.

Na ocasião, os jovens degustaram e conheceram os diversos tipos de produtos comercializados pela cooperativa, foram informados sobre o funcionamento e organização, e tiraram as dúvidas sobre os tipos de produtos comercializados.

Elisete Oliveira, beneficiária do Projeto Viva o Semiárido, falou sobre a visita à cooperativa. “Essa foi uma experiência bastante enriquecedora, pois foi possível conhecer como é realizado o trabalho da cooperativa, como ela é organizada e ver quais os produtos são comercializados aqui”, ressaltou a participante do intercâmbio.

Para Benedita Varjão Barbosa, cooperada e representante da Central da Caatinga, foi muito bom receber o grupo de jovens piauienses e ensinar um pouco de como funciona a cooperativa. “Fico feliz pela visita e por nossa iniciativa ser vista como uma experiência que serve de exemplo e de ter sido escolhida para ser visitada. A ideia é fazer parcerias com outros estados e aumentar a nossa comercialização”, destacou a cooperada.

Cinema

Seguindo a programação, os jovens também participaram de uma sessão de cinema popular na comunidade Alfavaca, localizada na região do Salitre, zona rural de Juazeiro, quando assistiram ao documentário “Democracia Vertigem”, exibido pelo Coletivo Carrapicho.

O coletivo visa contribuir com a formação de jovens do semiárido baiano no tocante ao direito à comunicação, estimulando a visão crítica de mídia e a produção de conteúdo contextualizado à realidade local, atuando pelo Projeto Jovens Comunicadores junto ao Coletivo de Adolescentes e Jovens do Salitre que tem a educomunicação como estratégia central.

A metodologia do intercâmbio prevê espaços de troca de experiências, a partir da perspectiva da educação popular, onde a base do conhecimento está na vivência, na observação das práticas construídas.

Nesse sentido, a experiência aproxima os jovens do Piauí dos jovens da Bahia, mostrando como eles têm buscando autonomia econômica, em seus projetos produtivos, além de alternativas como o ecoturismo, além do incentivo da divulgação e fortalecimento das culturais locais.

Fonte: http://cooperativismo.org.br

Jovens piauienses conhecem Central de Cooperativas da Caatinga na Bahia
Tags:         

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *