Os produtos da agricultura familiar, comercializados pela Central da Caatinga, organização composta pela união de 10 cooperativas, estão fazendo sucesso no XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (Iufro, da sigla em inglês), que acontece no Jardim Botânico de Curitiba (PR), até o próximo sábado dia (05).  Realizado primeira vez na América Latina, o evento reúne mais de três mil pessoas para discutir diversas temáticas ligadas à pesquisa florestal.

Luzinete Ribeiro, assessora técnica da Central da Caatinga, destacou que os produtos estão sendo bem aceitos pelo público: “É gratificante ver a reação das pessoas de toda parte do mundo, de diferentes culturas, surpresos com a diversidade dos nossos produtos e a capacidade de inovação do nosso povo, da Caatinga. Isto nos estimula, nos renova para continuar o trabalho com os agricultores e agricultoras familiares”.

A publicitária Maria Cristina Beck está entre as milhares de pessoas que visitaram o estande da Central da Caatinga. Ela destacou que que se encantou com o licuri e outros produtos: “Estava passando na frente do estande e provei o licuri e a barra de umbu, maravilhosos. A semente do licuri é fantástica e tem as mesmas propriedades e o mesmo sabor da que eu provei na Bahia, dá pra ver que há uma boa conservação. A barra é maravilhosa, tem uma quantidade de açúcar razoável, não é doce, ela é bem natural e tem uma consistência muito interessante, parece uma gelatina e é muito boa mesmo. Aprovado!”.

Além dos derivados do umbu e licuri, estão sendo ofertados pela Central da Caatinga: cachaça, castanha, frutas desidratadas (banana e abacaxi), palmito, flocão de milho, banana chips, café e outros produtos.

As instituições anfitriãs do evento são o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Outras instituições apoiam a realização do evento, como órgãos governamentais, universidades, instituições de pesquisa e empresas florestais, assim como entidades de turismo locais e a Embratur.

Sobre o Congresso

Os debates ocorrerão todos os dias, exceto na quinta-feira, quando os participantes do congresso farão visitas técnicas a áreas de interesse florestal, próximas a Curitiba. Nesta edição, os temas são: Florestas para as pessoas; Florestas e mudanças climáticas; Florestas e produtos florestais para um futuro mais verde; Biodiversidade, serviços ambientais e invasões biológicas; e Florestas, interações com solo e água.

A programação conta com 1,7 mil apresentações técnicas, 900 pôsteres, 30 expositores, 51 reuniões administrativas da Iufro e 28 eventos paralelos. O congresso é organizado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Central da Caatinga apresenta produtos da agricultura familiar no maior Congresso de Pesquisa Florestal do mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *